domingo, 14 de fevereiro de 2010

"Deixa, deixa, deixa, eu dizer o que penso desta vida, preciso demais desabafar..."


Me sito limitada.
Tenho vários assuntos pra dissertar nos documentos salvos do blog mas, hoje, não é um mero texto: é um desabafo.
Não que, de alguma forma, os outros não tenham sido. Mas hoje, é um desabafo explícito, um grito de socorro escancarado e não nas entrelinhas de uma escrita pensada (ou não).

Quantas vezes achamos que 'da minha vida cuido eu!', que nós e, somente nós, exercemos poder sobre ela. Que a gente quer, a gente faz. Mas, infelizmente, tem tanta coisa ainda por debaixo desse tapete, tanta 'sujeirinha' escondida que, na hora certa (lê-se: mais imprópria) aparece e muda tudo, vira tudo de cabeça pra baixo.

Chico Buarque escreveu:
"A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá .
"
Roda Viva - Chico BuarqueNegrito

Apesar de não acreditar em destino (na verdade, ainda estou pensando a respeito), acho sim que cada um de nós tem algo a fazer, contribuir nessa vida. E essa roda viva é sempre um obstáculo. É como dizem, um dia é da caça e outro do caçador. Daí, penso: qual o jeito de vencer essa roda viva? Até quando ela vai me limitar?
É chato querer tudo, abraçar o mundo, se motivar, ser criativo e sempre, SEMPRE ter essa roda viva puxando pra baixo, anulando as suas chances de emergir, de ser o que você quer ser, de ser o que você É!
E, nesse 'vai e não vai', a gente toca o barco. Sabendo que poderíamos ser mais se nos déssemos mais, descontentes por sermos censurados, suprimidos... mas, o que realmente me deixa mais feliz é saber que nenhuma roda viva é pra sempre. Mais dia, menos dia, as coisas mudam de rumo. Não sei quando, mas mudam! E não vejo a hora de isso acontecer!
Como dizem as Chicas: " Coração aperta, canto pra respirar / Toco minha viola pra poder sonhar"
Enquanto não dá, a gente vai tocando a viola e sonhando. Tudo o que a gente sonha, mas sonha de verdade, é real... é certo!
Obstáculo por obstáculo, pedrinha por pedrinha, é o que faz a escalada ser o que é no final dela. É o que nos torna mais fortes, mais maduros, é o que nos faz valorizar o todo que vem antes da recompensa final: o topo!
Espero que a roda viva de vocês seja dissipada em breve. Que nenhum obstáculo, por maior que seja, faça com que vocês desanimem e deixem de sonhar. Almejem sempre o topo e ele será seu! Nossa hora sempre chega!
"Sê firme e corajoso" (Js 1, 9)

6 comentários:

Cristian disse...

Sem dúvida o desafio de alcançar um sonho é um bom combustível para a vida. Mas nas entrelinhas não podemos nos esquecer de confiar em Deus e nos planos que ele tem para nós.

Anônimo disse...

"Obstáculo por obstáculo, pedrinha por pedrinha, é o que faz a escalada ser o que é no final dela. É o que nos torna mais fortes, mais maduros, é o que nos faz valorizar o todo que vem antes da recompensa final: o topo!"

acredito que o topo seja morte. um exemplo mais notavél é um grande astro Michael JAckson. so foi valorizado depois de morto. so temos valor e somos recompensados depois de mortos.

Xuh disse...

nunca seremos livres pra pensar ou para fazer qualquer escolha. somos seres limitados a qualquer coisa que existe nesse mundo. somos verdadeiros fantoches presos dentro de uma sociedade hipocrita e etc..
so Deus nos da liberdade no reino dos ceus, aqui na terra somos apenas escravos...

Paola Velloso Telles disse...

Adorei o post, irmã! Concordo com o que você disse, somos limitados.. e só há a valorização do topo, com os obstáculos e as pedras que encontramos no caminho...

Sábias palavras ! *-*
Beeijo grande!;*

Izabel disse...

Viver não é tão fácil. Obstáculos foram feitos para serem superados!
Cada dia superando um, aprendendo com os erros, com os acertos é isso que a vida é! ;D

KINHA disse...

Olá

Passeando por aí, encontrei seu blog que é muito bom. Gostaria que vc conhecesse meu espaço. Estou esperando sua visita.
http://amigadamoda.blogspot.com

Beijo